quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Curso de gestante: vale a pena fazer?

Oi, meninas!

Conforme prometido, cá estou eu novamente. Hoje vou falar sobre o curso de gestantes.

Quando engravidei, nem sabia que isso existia hahaha. Sou de uma criação em que as mulheres aprendiam a cuidar dos filhos pelo instinto materno e/ou por um auxílio da mãe, sogra ou tia. Então, quando soube que existia um curso específico pra isso, confesso que torci um pouco o nariz e decidi não fazer.

Só que os meses foram passando, a ficha de que um bebê vai passar a existir no mundo e depender de mim foi caindo e a insegurança foi aumentando. Como vou dar banho? Como limpar o umbigo? Qual a posição melhor e mais segura pra dormir? Tudo isso foi passando pela minha cabeça e me gerando um certo pânico hahahah.

Até que numa consulta com minha GO conversamos sobre a maternidade em que terei a Manuela. Minha GO me orientou a entrar no site, ligar pra lá e agendar uma visita. Fiz isso e para a minha surpresa nessa maternidade eles ministram um curso de orientação para casais grávidos. Não pensei duas vezes e me inscrevi.Só avisei ao marido para reservar o dia. 

O curso foi no sábado passado, dia 21/11, de 8 às 18 horas, na maternidade da Casa de Saúde São José. Horário meio pesadinho para quem já está de 33 semanas, mas era a única data disponível. Coloquei minhas meias de compressão, já que ficaria o dia todo com os pés para baixo, e lá fomos nós.

A primeira parte da programação do curso consistiu em palestras com uma psicóloga, um obstetra e uma enfermeira. Não acho que precisasse de uma manhã inteira,  mas o saldo foi positivo. Destaco o 
esclarecimento sobre baby blues e depressão pós-parto dado pela psicológa, as explicações sobre trabalho de parto do obstetra e algumas dicas sobre aleitamento materno mencionadas pela enfermeira.

Após o almoço, houve uma palestra sobre células tronco. Na verdade, nunca tinha pensado a respeito e confesso que depois do curso estou refletindo sobre o assunto. Palestra válida também. Em seguida, uma nutricionista esclareceu algumas coisas sobre alimentação na gestação e na amamentação. Sinceramente? Completamente dispensável pois tudo que ela falou qualquer gestante já está careca de saber. Depois, uma enfermeira entrou para falar sobre alguns detalhes do pré e pós parto. Interessante também.

Depois, vieram as aulas práticas. Sem dúvidas, a melhor parte!!! Ensinaram como dar banho, trocar fralda, limpar, enrolar o cueiro do jeito certo, além de outras dicas importantes como detalhes sobre a mala da maternidade, posição para dormir, relaxar o bebê, evitar alergias, etc.Cada casal recebeu um boneco para treinar o que tinha aprendido. Foi divertido e muito útil!

                                          (a tiara da boneca não saía haha)
                         (Não reparem porque estava inchada nesse dia e já morta! Isso aí já foi umas 17 horas)

Finalizaram com uma visita à maternidade. Honestamente, não era a minha maternidade dos sonhos, mas... pelo meu histórico, minha médica acha melhor que seja lá pois, por ser também um hospital, a estrutura é infinitamente superior a um local que seja apenas maternidade. Conversando com uma prima que é médica, ela me disse a mesma coisa. Então, vamos parar de bobeira e parir onde os médicos acharem melhor kkk.

Respondendo à pergunta do título, afirmo que SIM. Vale a pena fazer o curso. Principalmente, se o marido for, porque os homens não tem noção alguma de como cuidar de um bebê. Eduardo saiu de lá muito mais seguro. É claro que o curso inteiro não é maravilhoso, tem momentos que são pura "encheção de linguiça", mas no geral, vale a pena e o saldo é positivo. Não tenham dúvidas e se inscrevam! Vai ajudar muito!

É isso por hoje.

Beijocas  

7 comentários:

Tai disse...

Oi MArcela! Que bom que voltamos com nosso cantinho, e fiquei muito feliz com as notícias da Manuela. Você está uma grávida linda, tenho certeza que ela será uma benção na vida de vocês!

Deus abençoe muito e continue postando - enquanto ela não chegar hehe
Beijos!

Gi Lima disse...

Que legal!
Eu começo o meu dia 30/11 estou bem ansiosa!

Bjus

Barbara Nunn disse...

Eu quero fazer com o Pedro também. Acho que para ele vai ser bem interessante.
Eu já agendei as visitas nas 2 maternidades possíveis, plano A e plano B.
Beijão

Gabriela Rodrigues disse...

Oi Mea!

Acho que para papais de primeira viagem deve ser válido sim! =)

beijos!!!

mom 20xx disse...

Ah acho que esse curso super vale a pena sim =)

Carolina disse...

Manu vai nascer aqui na esquina! rsrsrsrs

Minha prima imediatamente mais nova é pediatra/neonatologista na São José, se bobear vai acompanhar teu parto! Ela falou a mesma coisa: que por exemplo tem toda uma ótima equipe de cardiologistas lá. Elmo e eu fizemos cirurgias também na São José, correu tudo bem e fomos mega bem tratados [fora a capela de verdade! rsrsrs], graças a Deus!

=***

Marcela Pontes disse...

Carooool!!! \0/
Vai me visitar então! Te aviso por whatsapp hahah
E pois é, acho que é um consenso entre os médicos isso. Preferia ter na Perinatal da Barra, que é perto da minha casa e toda lindinha, mas com saúde não dá pra ser louca né? Tem que ouvir o que o médico diz e pronto.Principalmente, porque confio muito na minha médica.
E sim: uma capela de verdade faz toda a diferença \0/
bjksss