quarta-feira, 4 de julho de 2012

Escolhendo padrinhos. Pode separar casal?

Este blog  mudou para o seguinte endereço: http://nosdoisnoaltar.com.br/

Olá, meninas!

O tema de hoje é uma questão que passa pela cabeça de toda noiva: a escolha de padrinhos que são casados (ou namoram) e a saia justa de excluir o companheiro.

Em quase todo pré-casamento os noivos enfrentam situações como essas:

 Aquele  velho amigo de infância vai ser convidado para padrinho, mas ele é casado. Pode chamar só ele? A irmã do noivo namora há séculos um rapaz que é praticamente da família. Pode excluir o namorado? A amiga que está na lista de madrinhas foi morar com o namorado. E agora?

Meninas, não é só a etiqueta que envolve esse tipo de situação. Questões como essa envolvem sentimentos das pessoas envolvidas e, portanto, exigem muita delicadeza e jogo de cintura.

Aqui vão dicas de como passar por esse tipo de situação sem magoar ninguém (ou magoando o mínimo possível de pessoas):

 CASADOS

Pra pessoas casadas é fácil. Afinal, aqui a etiqueta diz o que fazer. Regrinha básica: não se separam pessoas casadas. E não precisa nem falar que os que vivem em união estável estão incluídos nessa regra, né? Como diz minha avó: "amigado com fé, casado é" hahaha.

Portanto, se você está pensando em chamar para madrinha aquela sua amiga casada e você não tem intimidade com o marido dela, avalie se quer chamá-la mesmo. A escolha é sua.

NOIVOS E NAMORADOS

Aqui é questão de BOM SENSO e SENSIBILIDADE. Há casos e casos.

Exemplo 1:

Sua irmã namora há 5 anos um rapaz que vive na casa da sua mãe, frequenta todas as festas de família e só está esperando se estabilizar financeiramente pra casar. Vale a pena excluí-lo?

Acho que só vale se você tem um problema muito grave com ele, do tipo "não pode ver".

Caso contrário, você arrumará uma confusão tão...desnecessária. Tenta se colocar no lugar da sua irmã. Ela te ama e por isso aceitou ser madrinha, mas ela também ama o namorado e vai se sentir mal por ele. Não é um namoro que começou ontem né? Seu cunhado vai ficar magoado também. E não é de ciúmes que estou falando. Estou falando que eles sentirão que a relação deles não é respeitada por você.

Noivinha, você tem certeza que vale a pena toda essa energia ruim direcionada ao seu casamento? Mágoas e chateações vibram uma energia horrível para o dia do casamento.

Acho que, num caso como esse, é melhor deixar todos felizes e não criar problemas. Não seja tão "cricri".

Exemplo 2:

Seu amigão de infância está namorando há pouco tempo. Você até gosta da namorada dele, mas aí o bom senso vai falar por todas as partes. O namoro é instável ainda. Colocar a menina só porque ela é namorada do seu amigo não é uma atitude muito sensata. Nesse caso, até ela vai entender. E se não entender, paciência.

Exemplo 3:

Sua amiga (que namorava há pouco tempo) já tinha sido convidada pra ser madrinha. Você fez o convite assim que marcou a data. 1 ano se passou, seu  casamento está se aproximando. Só que essa sua amiga é "rápida no gatilho"e foi morar junto com o namorado. Aí, paciência também. Você já tinha feito o convite SÓ para ela. Você não tem qualquer obrigação de chamar o namorado.

Exemplo 4:

Seu primo, que tem uma relação estável com a namorada, ficou noivo. Coloque-se no lugar dos dois.
Você quando ficou noiva se sentiu mais importante? Aposto que sim.  Você  sentiu que o relacionamento ficou mais sério?  Claro que sim! Pois é. A noiva do seu primo também!

Meninas, para casos como esses NÃO EXISTE RECEITA DE BOLO. Eu poderia ficar aqui por dias descrevendo situações. Só quero que vocês tenham em mente que  casos como esses não precisam ser motivo de sofrimento pra ninguém.  Basta colocar-se no lugar do outro e analisar com carinho e respeito cada situação.


                                      fonte:http://besuigeneris.blogspot.com.br/2012_01_01_archive.html

Boa sorte!

Beijocaaaas!
















23 comentários:

Priscila disse...

Adorei!
Não tiraria uma vírgula do seu texto!
Falta bom senso por aí, né?
Bjs.

Luana Sousa disse...

Muito bom o assunto Marcela.

Teve uma situação bemmm chata na minha família,um amigo da minha irmã chamou ela pra ser madrinha (ela namorava),e ele convidou o ex dela (não tinha clima algum),para ser par dela,foi uma situação chata...no fim minha irmã entrou com outra pessoa,pois o namorado dela e a namorada do ex não aceitaram.
Bom senso é tudo!


Bjos

Marcela Pontes disse...

Pois é, meninas! Essa situação pode ser perfeitamente enfrentada se houver bom senso.Não tem essa da noiva achar que "é o dia dela e ela faz o que quer". Se ela está envolvendo as pessoas nessa história, tem que ter respeito e sensibilidade SIM.
Bjksss e bom dia :-)

Fabi disse...

Muito bom o texto! Concordo com tudo, bom senso é a palavra chave nessas situações. Nossos padrinhos foram chamados com seus respectivos pares, pois eram nossas bases desde que começamos a namorar. Tivemos só uma situação mais delicada com um amigo que não tinha namorada, pedimos a uma pessoa da família que o acompanhasse. Mesmo ela sendo noiva, era uma situação delicada e (parece) todo mundo entendeu.
Bj

Rebeca disse...

Eu sou mais liberal nesse assunto e acho que os noivos devem chamar qaueles que são relamente seus amigos, independentemente de o par ser amigo também ou não. Relativizo um pouco isso nos casos dos casais que estão juntos há muito tempo. Acho que uma boa forma de amenizar esse problema é utilizar o esquema americano de bridesmaids, assim, a mulher chama as amigas e o homem os amigos. Bjos.

Vanessa Santos disse...

Concordo em tudo com seu texto, acho que senso é só o que falta em muitos casos!
Beijos

Nathalia Marielle disse...

Bom Dia flor ;) isso é um fato muito complicado mesmo, eu mesma teria apenas 5 casais de padrinhos de cada lado, mas para não ter problemas com namorados(a), noivos(a) e esposos(a) resolvemos dobrar o numero e chamar todo mundoO rs!
O importante é todo mundo estar bem feliz no dia do seu casamento neh!

BeijOs e ótimo o seu texto!

Carol Bamonde disse...

Concordo com tudo oq vc escreveu! Quando marquei a data do meu casamento uma amiga minha tinha terminado com o namorado de anos... então chamei só ela com uma amigo do meu até então noivo... e ai perto do casamento so dois reataram! Infelizmente não pude fazer nada! Mas até que todos se portaram muito bem, foi tranquilo!
Bom senso é tudo!
Bjss

Casar é assim... disse...

Graças a Deus a escolha dos nossos padrinhos foi super tranquila..não separamos ngm e juntamos os amigos e amigas solteiros...rsrs..

beijos!!!

Talita Medina disse...

Isso é bem complicado né? no meu foi bem tranquilo...todos casais juntinhos!!
bjusss.
Ah faz o bolo e me conta!!

Anônimo disse...

haha, muito bom ler seu blog! Ainda mais quando estamos de cama! Renova as energias! E não quero nem pensar quando tiver que escolher os meus padrinhos. Tenho absoluta certeza que não é uma escolha facil. Mas pensei no meu irmão e nada chata e mal educada da namorada dele. Que muitas vezes nem me cumprimenta. Eles namoram já tem uns sete anos. Já até batemos boca certa vez. E apesar de no geral ser educada, tudo pr causa dele. Não, não a convidaria!

Bjos.

Amiga/Dinda/Paty.

Anônimo disse...

Concordo em gênero, número e grau!!! Falta muito bom senso por ai!!!

Alana Tenório disse...

É um assunto muito delicado mesmo viu! Concordo com vc e no meu casamento vai ter muitos desses exemplos aí viu... Ah, e outra coisa... se um casal de amigos nos convidou pra sermos padrinhos, mesmo não sendo tão próximos, fica chato não chamá-los tbm?
Bjuss

Mari ♥ Thiko disse...

Adorei as dicas, simplesmente perfeitas!
Pode ser um assunto complicado, mas se houver bom senso de ambas as partes, tudo fico muito mais fácil, né?
Eu e meu noivo já escolhemos nossos padrinhos, mas ainda não convidamos, para nós até que foi bem tranquilo, não vamos separar ninguém casado e uniremos alguns solteiros! ^^
Beijinhos =*

***Jaque*** disse...

Estas são questões bem complicadas mesmo,mas concordo com você.
Beijoss!!

Flávia Pires disse...

É mesmo um assunto delicado né... mas acho que só ser resolve com conversa, cada caso é um caso... pode ser que determinado casal fique chateado de ser separado, pode ser que outros, mais íntimos, levem numa boa... eu me arrependi de ter mantido alguns casais juntos como meus padrinhos, se fosse casar hoje teria deixado apenas meus amigos de verdade, e não seus respectivos rsrsrsrsrs bjssssss

Tatá disse...

Oiii

Essa é uma situação bem delicada mesmo. Já me vi pensando alternativas para casos semelhantes ao que você relatou.

Lembro que há anos atrás meu pai foi convidado para ser padrinho de um primo e a minha não (detalhe que a minha mãe era a tia mesmo). Ela sempre lembra disso e ficou bem chateada.

O mais importante é sempre ter bom senso, como falou, e respeitar as pessoas que amamos.

Bjs

Anônimo disse...

Gente, eu passei por uma situação bem chata. Meu cunhado casou e convidou somente meu noivo (eu e meu noivo estamos juntos por mais de 7 anos) e o meu cunhado alegou que o motivo era porque ele iria convidar poucos padrinhos. Ok entendi!! Quando eu chego na Igreja para prestigiar o casamento do infeliz do meu cunhado, eu me deparo com uma quantidade enorme de padrinhos, e somente eu e meu noivo foram separados como casal.Resultado um clima horrível, não fui nem na festa. Isso não se faz gente.

Anônimo disse...

Pois é... Existem noivos que não têm um pingo de noção. Quando eu casei, não separei ninguém. Um dos nossos padrinhos entrou com a irmã dele porque na época nem ele nem ela estavam compromissados. No entanto, quando esse nosso padrinho casou,cconvidou meu marido e me deixou de fora com a desculpa de serem os amigos dele com as amigas dela, tipo casamento americano. Pois bem... mesmo assim achei indelicado mas não me opus já que havia a justificativa de que ele só chamaria homens - amigos dele - e as madrinhas seriam as amigas da noiva. Quando chegou o casamento percebi a grande mentira, muitas das madrinhas - inclusive a que fez par com o meu marido - eram amigas dele e não da noiva. Achei um absurdo, um desrespeito. Ainda mais pela mentira. Será que pensaram que não perceberíamos? Que temos tão puco neurônio assim? Não falei nada, finji estar tudo bem para não causar clima no casamento, afinal minha mãe me deu educação. Mas o resultado foi que a amizade já era, obviamente não somos mais os mesmos com eles. Simplemente não confiamos em pessoas assim: mentirosas e sem educação, que não se importam com o sentimento dos outros. O que muitos noivos precisam entender é que não podem fazer o que querem simplesmente porque o casamento é deles. O mundo não gira em torno do umbigo dos noivos só porque vão se casar!!!

Anônimo disse...

Retifcando comentário acima "fingir"

Allane Singer disse...

Parabéns! Pela primeira vez leio alguém dando exemplo de casos e casos em que se pode separar casais ou não! Passei por isso há pouco tempo, onde meu amigo de infância convidou meu namorado (que é amigo dele há bem menos tempo) para ser padrinho com outra moça. No caso, a mulher desse amigo não gosta de mim e certamente fez de propósito, para causar mal estar. Eu e meu namorado estamos apenas esperando nos estabilizarmos para casar. Ou seja, não é um casal que está namorando há pouco tempo e o casal não conhece. Realmente as energias são bastante negativas, pois não farei nunca a menor questão do meu namorado e futuro marido estar próximo a eles. Eu não queria ser madrinha do bebezinho, apenas acredito que se era para convidar só um, nem convidassem, achassem outro padrinho! Realmente criaram uma situação bastante constrangedora, e que sim, é chato para mim, mas certamente as energias negativas serão direcionadas a eles mesmos, que criaram toda a situação.

Unknown disse...

Isso realmente er um assunto difícil.. Mas o segredo é o bom senso'.. Aconteceu algo parecido cmg já.. Namoro a 6 anos, esperando apenas nos estabilizar para casarmos.. e meu namorado foi convidado p ser padrinho c outra pessoa, a tia dele.. Que é casada'! De cara nao gostei.. Mas ele aceitou sem pensar e achamos melhor nao desfazer. So que o pior é que todos os outros padrinhos eram casais( Namorados, noivos e casados) e apenas os solteiros foi colocado c outro solteiro e meu namorado sendo o único junto c a tia dele ne que não foi c sua respectiva namorada.. Sem falar que nem convidada fui. Enfim, ta rendendo ainda e ele ta pensando em desistir de ser padrinho por que foi MT desrespeito c nós.. E principalmente comigo! Eu fiquei super mal..ele tbm.. E isso só por culpa da burrice dos noivos!

Anônimo disse...

Nossa esse texto reflete exatamente o que penso!
Mas agora é tudo: " é o meu dia e eu faço o que quiser o resto tem que engolir."
Fui convidada pra ser madrinha, sou casada a 4 anos, meu marido nao tem muita intimidade com minha prima, moramos um pouco distante, nossa convivência maior foi na infância mas somos muito amigas e sempre nos falamos. El a convidou somente a mim e deixou meu marido de fora com a desculpa que seria so os primos e que não tem intimidade com meu marido. Eu aceitei pq achei q meu marido nao ligaria ele é super reservado, mas pra minha surpresa ele ficou muitooooooo chateado, triste mesmo e disse que não vai ao casamento. É a segunda vez que acontece essa situação e realmente é muito chato. Acho que cabe o bom senso e a etiqueta como você disse. Não acho legal separar o casal, mas hoje em dia tudo pode não existe o respeito ao sentimento dos outros. E depois acham q nos somos egoístas o q custa fazer o q elas querem apenas no dia delas. Complicado.